Embriogênese – 19 – 21 dias

Aparecimento dos Somitos
1.5 – 2.5 mm é o tamanho do embrião, 19 – 21 dias pós-ovulação. Nessa fase, o embrião tem a forma de uma “sola de sapato”, sendo a região da cabeça mais longa que a região da cauda, ligeiramente retificado entre elas.

Os Somitos, que são condensações compostas de mesoderma, aparecem de cada lado da goteira neural. O primeiro par de somitos aparece na cauda e migra para o meio do embrião.

Nesse período podemos observar um a três pares de somitos. Cada crista, abaulamento ou depressão do embrião indica, agora, diferenciação celular. Uma dobra da cabeça se origina de cada lado da linha primitiva. A linha primitiva agora percorre entre 1/4 e 1/3 do comprimento do embrião.

Vasos sanguíneos secundários aparecem no córion e placenta. As células hematopoiéticas aparecem na vesícula vitelina, simultaneamente com células endoteliais, que formarão os vasos sanguíneos para as células sanguíneas emergentes. As células endocárdicas (músculo) começam a se fundir e dão origem aos dois tubos cardíacos do embrião.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Você pode se interessar:

ovario policistico

Ovários Policísticos (SOMP)

Os ovários policísticos afeta 13% das mulheres em idade reprodutiva SOMP – causa comum de infertilidade Ovários policísticos – SOMP – doença endócrino-metabólica cujas características

gravidez e pandemia

Gravidez e infecção por Covid-19

É fundamental conhecermos os riscos e as consequências da infecção pelo Covid-19 sobre o desfecho da gestação, envolvendo inclusive os riscos de internação e mortalidade.