Velocidade da transferência do embrião em um tratamento de FIV

Dr. Flávio Garcia de Oliveira

Uma pesquisa realizada pelo Center for Reproductive Medicine BOCIAN e pelo Institute of Genetics and Animal Breeding of the Polish Academy of Sciences – Polônia – publicada na revista Fertility and Sterility analisou a velocidade de transferência do embrião para o útero.
Você já parou para pensar como ocorre esta transferência em um tratamento de fertilização in vitro? Dr. Flávio Garcia de Oliveira explica de forma didática como o procedimento é feito e que a velocidade da transferência tem relevância durante o procedimento.

Acompanhe a explicação do especialista:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email

Você pode se interessar:

endometriose e congelamento de óvulos

Endometriose e congelamento de óvulos

Endometriose e congelamento de óvulos – vitrificação de oócitos e preservação da fertilidade por razões médicas diferentes do câncer Endometriose e congelamento de óvulos –

A vitrificação de óvulos

A vitrificação de óvulos

A vitrificação de óvulos e a preservação da fertilidade por razões médicas e não médicas – uma série de 4 posts Siga os nossos próximos

COVID-19-e-a-Medicina-Reprodutiva

COVID-19 e a Medicina Reprodutiva

Covid-19 e a Medicina Reprodutiva – entenda os riscos de engravidar na pandemia A COVID-19 e a medicina reprodutiva nos posiciona a resumir os principais

2 testes da reserva ovariana

2 testes da reserva ovariana

2 testes da reserva ovariana que são importantes marcadores do número de óvulos nos ovários Os 2 testes da reserva ovariana mais realizados atualmente são: