Quais as indicações para fazer tratamento de FIV

Dr. Flávio Garcia de Oliveira

A FIV é um tratamento para a infertilidade em que os óvulos de uma mulher (oócitos) são fertilizados pelo esperma em laboratório. Um ou mais dos óvulos fertilizados (embriões) são então transferidos para o útero da mulher, no qual se espera uma implantação e consequentemente uma gravidez.

A ciência da fertilização in vitro tem melhorado consideravelmente nos mais de 35 anos desde o primeiro “bebê de proveta”. Originalmente indicado para mulheres inférteis com fator tubário, a fertilização in vitro tornou-se o último recurso de tratamento para praticamente todas as causas de infertilidade quando as terapias convencionais falham. As indicações mais frequentes para a fertilização in vitro incluem:

– Trompas ausentes ou bloqueadas

– Fator de infertilidade masculina grave: contagem ou motilidade de esperma baixa (< 5 milhões/ml)

– Idade reprodutiva avançada: como o tempo para a concepção é crítica e as taxas de gravidez com outras terapias são baixas

– Todas as outras causas de infertilidade, depois de ter falhado o tratamento com outras terapias (por exemplo, endometriose, distúrbios de ovulação, infertilidade sem causa aparente)

– A falência ovariana: Ausência de óvulos. Seria necessário ainda óvulos doados, neste caso.

As taxas de sucesso com a fertilização in vitro continuam a melhorar à medida que ganham melhores condições de cultura para esperma, óvulos e embriões, além de novos procedimentos, como a maturação in vitro de óvulos, o teste genético pré-implantacional e a transferência de embrião único (blastocisto), mantêm a promessa de reduzir os custos, inconvenientes e riscos da fertilização in vitro, pois é um procedimento altamente sofisticado e meticulosamente planejado. 

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email

Você pode se interessar:

endometriose e congelamento de óvulos

Endometriose e congelamento de óvulos

Endometriose e congelamento de óvulos – vitrificação de oócitos e preservação da fertilidade por razões médicas diferentes do câncer Endometriose e congelamento de óvulos –

A vitrificação de óvulos

A vitrificação de óvulos

A vitrificação de óvulos e a preservação da fertilidade por razões médicas e não médicas – uma série de 4 posts Siga os nossos próximos

COVID-19-e-a-Medicina-Reprodutiva

COVID-19 e a Medicina Reprodutiva

Covid-19 e a Medicina Reprodutiva – entenda os riscos de engravidar na pandemia A COVID-19 e a medicina reprodutiva nos posiciona a resumir os principais

2 testes da reserva ovariana

2 testes da reserva ovariana

2 testes da reserva ovariana que são importantes marcadores do número de óvulos nos ovários Os 2 testes da reserva ovariana mais realizados atualmente são: