Menu

Outubro Rosa

Hoje começa o Outubro Rosa!

Vocês sabem onde surgiu a ideia dessa celebração? O motivo dela existir?

O ano era 1990 e a Fundação Susan G. Komen for the Cure decidiu organizar, na cidade de Nova Iorque, uma corrida de rua com o intuito de alertar sobre os riscos do câncer de mama e arrecadar fundos para a instituição.

As pessoas que participaram da corrida usaram um laço cor de rosa preso à camiseta na altura do peito. A corrida se consolidou com edições anuais e em 1997 outras cidades dos Estados Unidos já haviam aderido à causa. O tal laço rosa até hoje é o símbolo do movimento e sua cor, inclusive, ajudou a batizar a campanha.

No Brasil o movimento chegou em 2002 pela iniciativa de um grupo organizado de mulheres em conjunto com uma renomada marca de cosméticos. Naquele ano o Obelisco do Ibirapuera, na cidade de São Paulo, ficou iluminado de rosa durante todo o mês de outubro.

Em 2008 aconteceu a adesão das principais cidades do país e, hoje em dia, o Outubro Rosa é celebrado por todo Brasil, em uma luta constante para preservar a vida de milhares de mulheres.

O câncer de mama é o segundo mais comum entre as mulheres brasileiras e o quinto tipo de câncer que mais leva a óbito em todo o mundo. Somente em 2019, foram estimados 59.700 novos casos da doença em território brasileiro, uma taxa de incidência que corresponde a 51,29 casos a cada 100 mil mulheres.

Por esses motivos, as campanhas de conscientização sobre o câncer de mama e o incentivo e facilitação do acesso aos exames diagnósticos são de grande valia no combate da doença. O diagnóstico precoce é fundamental para o aumento das chances de cura. Em alguns casos, a probabilidade de vencer o câncer quando a doença é descoberta nos estágios iniciais pode chegar até 95%.

Reduzir os riscos a partir de práticas saudáveis é outro aspecto que precisa ser levado em consideração quando o assunto é a neoplasia mamária. Exercícios regulares, dieta balanceada, não fumar e não ingerir bebidas alcoólicas são importantes medida preventivas.

O autoexame é uma outra forma de cuidado elementar que envolve o conhecimento do próprio corpo e deve ser feito com frequência , mas é essencial saber que ele, por si só, não basta como método diagnóstico. A mamografia é indispensável para a detecção de nódulos e tumores.

Faça do acompanhamento médico um hábito e não hesite em procurar orientação profissional ao menor sinal de que alguma coisa não vai bem em seu organismo.

Conte com a Clínica FGO quando precisar. Estamos aqui, sempre à disposição para atendê-la.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Você pode se interessar:

Causas menos conhecidas da infertilidade

Causas menos conhecidas da infertilidade

Conheça algumas causas menos conhecidas da infertilidade feminina e masculina Quando a infertilidade ocorre, hipóteses sobre as possíveis causas são levantadas pelos médicos para, em

Exercícios Físicos Seguros para Gestantes

Exercícios físicos para gestantes

Algumas dicas sobre exercícios físicos seguros para gestantes Uma rotina equilibrada de exercícios físicos durante a gestação auxilia na prevenção de diabetes e pré-eclâmpsia, além