Orientação geral para as primeiras semanas de vida

Conheça alguns cuidados importantes para as primeiras semanas de vida do bebê

Alimentação :

Sempre o leite materno. Oferecer sempre os dois seios em cada mamada, durante o tempo de 10 a 15 minutos cada seio; trocar sempre o primeiro seio a ser oferecido.
Horário: como sugestão, 3, 6, 9, 12, 15, 18, 21 e 24 horas, em média, no primeiro mês; a seguir, poderá ser 6 ,9, 12, 15, 19 e 23 horas.
Tolerância: mais ou menos trinta minutos.

Posição :

A criança não deverá ser amamentada deitada (perigo de aspirar leite) e nem mamar dormindo (mesmo risco). Se a criança não acordar para mamar, estimulá-la com leves toques de dedos nas bochechas ou despindo-a parcialmente (fazer a criança sentir um pouco de frio).

Temperatura Ambiental:

No frio : agasalhar a criança sem exagero;
No calor: não usar roupas de lã (a criança sente calor como nós;somente que ela reclama chorando); o excesso de agasalho leva freqüentemente à irritação da pele.

Água :

Poderá ser oferecida, filtrada, fervida, esfriada e aerificada, nos intervalos das mamadas se a criança estiver acordada e principalmente, se estiver fazendo muito calor.

Troca de Fraldas e Limpeza dos Genitais e Períneo:

Limpar o períneo e os genitais com água previamente fervida (se tiver apenas urinado) e esfriada e sabão neutro (tamponado, ou seja, pH semelhante ao da pele) glicerinado, se estiver evacuado; neste caso, a água e o sabonete poderão ser substituídos por uma bola de algodão embebido num sabonete líquido antisséptico evanescente.

Assaduras:

Se depois da higienização períneo-genital a mãe perceber a ocorrência de assadura (área avermelhada e/ou com pápulas ou vesículas, consulte seu pediatra que provavelmente recomendará um creme ou pomada protetora, terapêutica, cicatrizante).

Banho:

No primeiro mês de vida da criança, a água do banho deverá ser fervida(e depois esfriada);deverá ser usado sabonete neutro (tamponado) glicerinado e no horário de mais calor do dia. É importante segurar a criança com firmeza e não expô-la à corrente de ar (o “choque térmico” não faz bem, podendo resfria-la ou mesmo provocar soluços.

Curativo do Coto Umbilical e da Cicatriz:

Deverá ser feito de preferência depois do banho,pela Enfermeira ou mesmo pela Mãe; usar cotonete embebido em álcool a 70° , até ao 28 ° dia de vida, limpando bem a base de implantação do coto umbilical e a cicatriz (depois da queda do referido coto umbilical).

Cólicas:

Costumam ocorrer até aos dois, três meses de vida e são normais (fisiológicas) e comuns; conseqüentemente, dispensam tratamentos. Se persistirem ou se apresentarem com bastante intensidade e freqüência, consulte o seu pediatra.

Regurgitações e Vômitos :

Poderão ocorrer após ou mesmo durante as mamadas : isto se deve à deglutição de ar quando cessa a sucção e, sem largar o seio (ou mesmo a mamadeira) ele respira. Entrará o ar nos pulmões via traqueia e também um pouco no estômago, via esôfago. À propósito, o refluxo gastroesofágico é uma afecção e, portanto, precisa ser bem diagnosticado e não confundido com as regurgitações e vômitos comuns do recém-nato. Se a sintomatologia for exuberante ou persistir além do 2° ou 3° mês, consulte seu pediatra.

Crescimento do Peitinho do Recém-Nascido:

O recém-nascido poderá apresentar aumento do volume dos peitinhos por influência dos hormônios maternos; isto é normal e não deverá mexido ou espremido pois logo voltarão ao tamanho comum.

Outros Conselhos:

Não desinfetar os seios com álcool ou qualquer outro anti-séptico; bastará,tão somente lavá-los com água fervida e sabonete neutro(tamponado).
Não tentar dar mamadeiras antes de procurar o seu Pediatra (o leite materno nunca é fraco; poderá ser produzido em quantidade menor do que a necessidade da criança)
A Consulta com o seu Pediatra ,deverá ocorrer a partir do 7° dia de vida da criança.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email

Você pode se interessar:

Gravidez após os 40 anos

Gravidez após os 40 anos

Conheça mais sobre os detalhes da gravidez depois dos 40 anos Nas últimas décadas o papel da mulher na sociedade mudou de maneira considerável. Os