Olho na balança, mamãe!

Dr. Flávio Garcia de Oliveira

Considerado um dos mais preocupantes problemas de Saúde Pública do mundo, a obesidade vem aumentando significativamente nos últimos anos e merece muita atenção, principalmente durante a gestação.

Durante a gravidez, a mamãe deve tomar um cuidado muito especial com sua alimentação, pois interfere diretamente em sua saúde e também na do bebê, tanto na vida intra-uterina como no futuro. A gestante obesa, independente de ter desenvolvido a obesidade durante a gestação ou antes dela, pode ter complicações de saúde, como diabetes, hipertensão e pré-eclâmpsia e também prejudicar a vida adulta futura do bebê, pois aumenta a incidência de obesidade, hipertensão, diabetes e problemas cardiovasculares dele.

Mulheres em idade reprodutiva que estejam com sobrepeso devem ser informadas dos riscos associados à gestação antes de engravidar, receber orientação médica e nutricional adequada e serem encorajadas a praticar exercícios físicos para prevenir ou evitar possíveis complicações futuras.

Para poder curtir a vida enquanto espera a chegada do bebê mantenha hábitos e alimentação saudáveis, pois assim você ficará sempre bem e terá a certeza de estar fazendo o melhor para o seu bebê também!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email

Você pode se interessar:

COVID-19-e-a-Medicina-Reprodutiva

COVID-19 e a Medicina Reprodutiva

Covid-19 e a Medicina Reprodutiva – entenda os riscos de engravidar na pandemia A COVID-19 e a medicina reprodutiva nos posiciona a resumir os principais

2 testes da reserva ovariana

2 testes da reserva ovariana

2 testes da reserva ovariana que são importantes marcadores do número de óvulos nos ovários Os 2 testes da reserva ovariana mais realizados atualmente são: