O cão é o melhor amigo do homem…e do bebê?

Para as pessoas que tratam seu animal de estimação como membro da família pode ser muito complicado quando o bebê está a caminho. Se você está com o coração partido só pensar na possibilidade de abandonar seu cãozinho, converse com seu médico e também com o veterinário para tirar suas dúvidas, e abaixo separamos algumas dicas que podem facilitar a convivência entre o bebê e animal de estimação. Aproveite!

– O cão deve estar sempre com as vacinas em dia, estar vermifugado e ter assistência veterinária regular;

– Faça as adaptações necessárias gradativamente antes da chegada do bebê;

– Diminua a atenção dispensada ao seu bichinho. Pode ser até doloroso, mas lembre-se que quando o bebê chegar você não vai poder dar tanta atenção a ele como dava antes;

– Se costumava dormir com o animal de estimação, aos poucos deixe de fazer isso, pois ele pode ter fungos ou bactérias nos pelos que podem ser passadas para você;

– Se após a chegada do novo herdeiro você não vai mais deixar o animal andando pela casa toda, restrinja seu acesso antes de o bebê chegar;

– Traga uma roupinha com o cheiro do bebê enquanto ele ainda estiver na maternidade e deixe com o cãozinho para ele se acostumar com o cheiro;

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email

Você pode se interessar:

gravidez e pandemia

Gravidez e infecção por Covid-19

É fundamental conhecermos os riscos e as consequências da infecção pelo Covid-19 sobre o desfecho da gestação, envolvendo inclusive os riscos de internação e mortalidade.