Menu

O cão é o melhor amigo do homem…e do bebê? – Parte 2

Na edição anterior deste boletim, você conheceu algumas dicas de como proporcionar uma convivência saudável entre seu bebê e seu bichinho de estimação. Abaixo preparamos mais alguns detalhes que também podem fazer toda a diferença para que esta relação seja agradável para todos.

-Faça com que a casa pareça que sempre teve um bebê, deixando o carrinho de passeio na sala e permitindo que o animal cheire; ande com uma boneca nos braços como faria se estivesse com o bebê e não deixe que seu amigo peludo pule no seu colo neste momento;

-Quando chegar da maternidade, não chegue com o bebê no colo. Peça para outra pessoa trazê-lo e faça festa com o seu cão. Só depois que se acalmar deixe ele cheirar o pé do bebê, assim ele vai associar o cheiro ao cobertor que já estava acostumado;

-Se costumava passear com seu amigo todos os dias, peça para que alguém faça isso por você quando não puder, mas esforce-se para levá-lo de vez em quando;

-Na presença da criança, brinque com seu cão e dê carinho, assim ele verá a presença do bebê como um amigo;

-Muito cuidado. Por mais que você confie no seu amigão, nunca deixe seu bebê sozinho com ele;

Com amor e dedicação você fará a chegada do bebê um motivo de felicidade para todos e logo seu filho também será amigo do bichinho, assim como você!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Você pode se interessar:

Causas menos conhecidas da infertilidade

Causas menos conhecidas da infertilidade

Conheça algumas causas menos conhecidas da infertilidade feminina e masculina Quando a infertilidade ocorre, hipóteses sobre as possíveis causas são levantadas pelos médicos para, em

Exercícios Físicos Seguros para Gestantes

Exercícios físicos para gestantes

Algumas dicas sobre exercícios físicos seguros para gestantes Uma rotina equilibrada de exercícios físicos durante a gestação auxilia na prevenção de diabetes e pré-eclâmpsia, além