Menu

O Bebê precisa chorar!

Dr. Flávio Garcia de Oliveira

Recentemente, o Instituto de Pesquisa Murdoch’s Children, da Austrália, observou o comportamento de 225 crianças que tinham dificuldades para dormir. A pesquisa foi feita desde os 7 meses dos bebês até que eles completassem 2 anos.

As famílias foram divididas em dois grupos, um de controle, que não sofria nenhum tipo de intervenção, e outro que seguia as orientações dos pesquisadores. Os pais que faziam parte do grupo de controle foram orientados a criar uma rotina para a hora de dormir e escolher entre duas técnicas: a do “conforto controlado”, que consistia em aumentar a cada dia o tempo que demoravam para acalmar o bebê quando ele chorava. Na primeira noite, os pais aguardavam por dois minutos, na segunda aguardavam cinco, depois oito, até que encontrassem um tempo adequado. Na segunda técnica, utilizada pelo outro grupo, a do “acampamento”, os pais acalmavam o bebê, ficavam no quarto com ele e só saiam depois que ele adormecesse.

Segundo os pesquisadores, o tempo de resposta da primeira técnica geralmente era de apenas uma semana, enquanto para a segunda técnica o resultado chegava a demorar duas ou três semanas para acontecer.
Os especialistas ressaltam que a técnica do “conforto controlado” não consiste em abandonar a criança até que ela pare de chorar por conta própria, pois o resultado seria traumático tanto para o bebê quanto para os pais. Porém, para bebês a partir dos seis meses, seguir a recomendação correta pode ajudar a reduzir os problemas de sono do bebê e ainda contribuir para a diminuição da depressão maternal, que pode estar associada a esses problemas.

Em todos os casos, o que os pais querem é que seus filhos não sofram, mas pode ser que um período um pouco mais doloroso de cerca de uma semana de adaptação possa render uma criança mais segura e pais mais tranquilos. Vale tentar!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Você pode se interessar:

Diferença entre FIV e ICSI

Diferença entre FIV e ICSI

Conheça, neste artigo, a diferença entre FIV x ICSI As técnicas de reprodução humana assistida são alternativas para casais que apresentam algum problema em engravidar

Síndrome da Hiperestimulação Ovariana

Síndrome da Hiperestimulação Ovariana

A Síndrome da Hiperestimulação Ovariana (SHO) é o efeito colateral mais comum da estimulação ovariana. Qualquer que seja a técnica de reprodução humana assistida, coito

Novembro Azul

Novembro Azul

Começou o Novembro Azul, um movimento internacional para sensibilizar a população sobre os perigos do câncer de próstata e estimular a prevenção e diagnóstico da

Tabagismo e Infertilidade

Tabagismo e Infertilidade

Saiba mais sobre a relação entre tabagismo e infertilidade Fumar é um péssimo hábito para a saúde, isso todos sabem. Entretanto, o que muitas pessoas