Menu

Meu bebê chegou! E agora?

Agora que o bebê chegou e está em casa muitas dúvidas vão aparecer, afinal o novo membro da família não vem acompanhado de um manual de instruções.

No último curso para gestantes oferecido pelo Dr. Flávio Garcia de Oliveira, o pediatra Dr. Sérgio Ayres esteve presente e deu várias dicas muito úteis sobre cuidados com o recém-nascido, principalmente para as mamães e papais de primeira viagem.
Vale a pena conferir!

O “Teste do Pezinho Ampliado”, a Triagem Auditiva e as vacinas BCG e de Hepatite B são alguns procedimentos propostos pela maternidade e são muito importantes.

Aproveite e ouça atentamente todas as dicas dadas na maternidade.

-As cólicas normalmente são mais comuns na chamada “hora da bruxa”, que vai geralmente das 18h00 às 22h00. Nesta hora, para amenizar, você pode colocar uma fraldinha aquecida na barriguinha do bebê ou deixá-lo deitado de bruços.

-A chupeta pode ser uma ótima saída para os bebês que mamam na mamadeira. Quando o bebê mama no peito ele satisfaz duas de suas principais necessidades: sugar e saciar a fome. Ao usar a mamadeira, ele se sacia mais rapidamente e às vezes acaba chorando simplesmente por ainda ter a necessidade de sugar.

– No berço, mantenha o bebê com a cabeça levemente levantada em relação ao tórax para evitar o refluxo. Para isso, pode-se colocar um calço nos pés do berço e não há necessidade de colocar travesseiros. Muito importante: Nunca deixe o bebê dormir de barriga para baixo, pois pode provocar sufocamento.

– No carro, o melhor transporte é sempre o “bebê conforto”, desde a saída da maternidade.

Receita da Vovó
Colocar um pouquinho de funchicória, (uma erva que pode ser encontrada em farmácias) no bico do seio ou da chupeta antes da amamentação pode amenizar as cólicas do bebê. Ás vezes dá certo, mas é muito importante conversar com o seu médico a respeito.

O bebê chegou, é hora de aproveitar cada momento!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Você pode se interessar:

Síndrome da Hiperestimulação Ovariana

Síndrome da Hiperestimulação Ovariana

A Síndrome da Hiperestimulação Ovariana (SHO) é o efeito colateral mais comum da estimulação ovariana. Qualquer que seja a técnica de reprodução humana assistida, coito

Novembro Azul

Novembro Azul

Começou o Novembro Azul, um movimento internacional para sensibilizar a população sobre os perigos do câncer de próstata e estimular a prevenção e diagnóstico da

Tabagismo e Infertilidade

Tabagismo e Infertilidade

Saiba mais sobre a relação entre tabagismo e infertilidade Fumar é um péssimo hábito para a saúde, isso todos sabem. Entretanto, o que muitas pessoas

Cálculo de Ovulação

Técnicas para cálculo de ovulação

Cálculo de ovulação: conheça algumas técnicas para aumentar as chances de engravidar Para a ciência, um casal é considerado infértil quando, depois de um ano