Menu

Infertilidade Secundária

Dr. Flávio Garcia de Oliveira

Infertilidade secundária é definida como a incapacidade de engravidar, ou levar uma gravidez adiante, após o nascimento de um ou mais filhos, desde que o nascimento do primeiro filho não tenha envolvido quaisquer tecnologias de reprodução assistida ou medicamentos de fertilidade.

Tenho infertilidade secundária?

A infertilidade secundária é definida como uma doença ou condição do sistema reprodutivo frequentemente diagnosticado após um casal manter um ano de relações sexuais desprotegidas, durante o período fértil da mulher, ou se a mulher possui histórico de aborto de repetição.

A infertilidade é um problema médico. Aproximadamente 30% da infertilidade conjugal é devido a problemas com o sexo feminino, mesma parcela é devida a problemas masculinos. No balanço dos casos, o restante dos problemas está em ambos ou a causa não pode ser explicada.

Devo consultar um especialista? 

A maioria dos médicos aconselham a não se preocupar, a não ser que você esteja tentando engravidar há pelo menos um ano e tenha menos de 35 anos. Se você tem mais de 35 anos e vêm tentando há mais de 6 meses, você deve consultar um médico. Se tiver mais de 30 e tiver um histórico de doença inflamatória pélvica, cólicas menstruais, aborto, ciclos irregulares, ou se seu parceiro tem uma contagem baixa de espermatozóides, não espere um ano, consulte um especialista.

Por que isso está acontecendo?

Quando o primeiro filho é concebido com facilidade, você pode se sentir completamente desprevenida (o) pela dificuldade em ter um segundo filho. Assuma o controle e fale com o seu médico. Infertilidade secundária é muito comum, mas muitas vezes não é falado.

Solução

Casais muitas vezes precisam de ajuda de profissionais e/ou familiares e amigos. Pode não ser uma tarefa fácil, muitas vezes os casais se beneficiam das contribuições e apoio de outras pessoas que lutam contra o mesmo problema. O objetivo final é decidir prosseguir o tratamento médico ou opções alternativas de construção da família, ou abraçar a família estabelecida como ela existe.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Você pode se interessar:

Diferença entre FIV e ICSI

Diferença entre FIV e ICSI

Conheça, neste artigo, a diferença entre FIV x ICSI As técnicas de reprodução humana assistida são alternativas para casais que apresentam algum problema em engravidar

Síndrome da Hiperestimulação Ovariana

Síndrome da Hiperestimulação Ovariana

A Síndrome da Hiperestimulação Ovariana (SHO) é o efeito colateral mais comum da estimulação ovariana. Qualquer que seja a técnica de reprodução humana assistida, coito

Novembro Azul

Novembro Azul

Começou o Novembro Azul, um movimento internacional para sensibilizar a população sobre os perigos do câncer de próstata e estimular a prevenção e diagnóstico da

Tabagismo e Infertilidade

Tabagismo e Infertilidade

Saiba mais sobre a relação entre tabagismo e infertilidade Fumar é um péssimo hábito para a saúde, isso todos sabem. Entretanto, o que muitas pessoas