Infertilidade: O Fator Peritoneal

O fator peritoneal é uma das causas que podem impedir a concepção. Ocorre quando há alguma anormalidade envolvendo a superfície (peritônio) dos órgãos pélvicos ou da cavidade abdominal, como aderências ou endometriose.

A endometriose é a presença de tecido do revestimento da parede uterina interna (endométrio) fora do útero, e afeta cerca de 35% das mulheres com diagnóstico de infertilidade.

O tratamento pode ser feito através da laparoscopia, com anestesia geral, em hospitais ou unidades cirúrgicas. Durante o procedimento, um instrumento estreito (uma espécie de telescópio) é introduzido por uma pequena incisão próxima ao umbigo e permite ao médico observar os órgãos e as paredes da pelve e injetar um corante para checar se as trompas estão desobstruídas. Em alguns casos, se houver obstruções, o médico pode usar instrumentos cirúrgicos, incluindo o laser, para tratar problemas, como a endometriose, as aderências e os cistos ovarianos. Muitas vezes este procedimento pode substituir a laparotomia, que consiste em uma incisão abdominal e requer cerca de seis semanas para a recuperação.

Esperamos que essas informações sobre o fator peritoneal tenham sido úteis. Na próxima edição do boletim “ABC da Fertilidade” você vai conhecer mais um fator que pode impedir ou atrapalhar a concepção: o fator ovariano. Aguarde!

A Origem dos Nomes:

Naomi
Origem: Hebraico 
Significado: Agradável 

Valmir
Origem: 
Germânico
Significado: Eleito, escolhido 

Simone
Origem: Hebraico
Significado: Aquela que ouve, ouvinte 

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email

Você pode se interessar:

ovario policistico

Ovários Policísticos (SOMP)

Os ovários policísticos afeta 13% das mulheres em idade reprodutiva SOMP – causa comum de infertilidade Ovários policísticos – SOMP – doença endócrino-metabólica cujas características