Infertilidade Masculina na Era da Reprodução Assistida

Dr. Flávio Garcia de Oliveira

O número de casais com dificuldade em atingir a sua primeira gravidez chega a 18%. Um equívoco comum sobre a infertilidade é que é um problema da mulher. Apesar do fato de a avaliação de fertilidade ser frequentemente iniciado pela parceira, a infertilidade afeta igualmente homens e mulheres. De fato, cerca de um terço das causas da infertilidade conjugal são devidos a fatores masculinos, um terço devido a fatores femininos e o restante dividido entre problemas do casal e causas desconhecidas.

A abordagem do casal infértil começou, historicamente, por uma investigação da mulher, com uma avaliação limitada do parceiro masculino por um endocrinologista reprodutivo. Um estudo recente mostrou que apenas 41% dos médicos Obstetras e/ou Ginecologistas considera uma avaliação urológica de homens necessária, e apenas 24% indicam rotineiramente os homens ao urologista antes de encomendar uma análise do sêmen.

A importância da avaliação do homem

A avaliação do parceiro masculino é essencial para o diagnóstico e tratamento. Mesmo os homens que já tiveram filhos anteriormente podem desenvolver problemas. Em muitos casos, o tratamento por si só pode resultar numa fertilização bem sucedida. Outra razão convincente é a saúde geral do paciente.

A infertilidade masculina, por vezes, é o único sintoma inicial de problemas médicos significativos, tais como tumores cerebrais, doenças da tireoide, diabetes, esclerose múltipla e doenças genéticas. Há uma preocupação crescente de que a infertilidade pode realmente ser um precursor do câncer de testículo, uma vez que é mais comum em homens inférteis do que na população geral. A pesquisa de câncer testicular na avaliação de rotina de homens inférteis tem se tornado um padrão nessa investigação.

A análise do sêmen por si só não é diagnóstico para estes problemas médicos. Portanto, a análise do sêmen anormal não deve ser a única indicação para a avaliação de pacientes do sexo masculino. Para obter resultados mais abrangentes, os homens devem receber uma avaliação completa por um médico especializado em infertilidade, além de exames rotineiros como exames de sangue.

A importância do diagnóstico

A detecção do problema que causa infertilidade masculina e seu tratamento específico é possível em muitos casos. Ele pode ajudar um casal a engravidar através da relação sexual normal e com tratamentos de baixa complexidade.

Novos dados indicam que o tratamento masculino, ainda que sem sucesso, por si só, pode melhorar o resultado da reprodução assistida em muitos casais. No entanto, a maioria dos casais tem uma compreensão limitada das anormalidades associadas com a infertilidade masculina.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email

Você pode se interessar:

Coronavírus, gestantes e amamentação

Coronavírus, gestantes e amamentação

Neste artigo explicaremos aspectos relevantes da relação entre o coronavírus e gestantes. Há meses estamos passando por uma experiência diferente, mas não incomum: o surgimento

Sexo na Gravidez

Sexo na Gravidez

Neste artigo iremos esclarecer as principais dúvidas sobre sexo na gravidez É comum que existam dúvidas sobre a prática de sexo durante a gravidez. Acelera

Pré-Eclâmpsia e Eclâmpsia

Pré-eclâmpsia e Eclâmpsia

Neste artigo falaremos sobre pré-eclâmpsia, eclâmpsia, seus sintomas e possibilidades de tratamento Durante a gravidez a mulher carrega dentro do corpo um ser humano em

Mitos e Verdades Sobre Gestação Gemelar

Gestação Gemelar: Mitos e Verdades

Você verá nesse artigo alguns esclarecimentos sobre gestação gemelar É normal que uma gestação gemelar, seja de univitelinos ou bivitelinos, venha acompanhada de dúvidas e