Grávida não pode passar vontade!

Dr. Flávio Garcia de Oliveira

Quando uma mulher diz que está com muita vontade de comer alguma coisa logo vem alguém e pergunta se ela está grávida. Isso acontece porque durante a gestação muitas mulheres dizem sentir desejos incontroláveis de comer certos alimentos e até mesmo algumas coisas das mais estranhas que se pode imaginar. Mas porque isso acontece?

Durante a gravidez, o aumento dos hormônios progesterona e estrógeno provocam mudanças na sensibilidade olfativa, que afeta o cheiro e o gosto das coisas, podendo fazer com que a mulher passe a gostar de alimentos que até então ela detestava. As mudanças hormonais também diminuem o pH da boca e podem provocar salivação excessiva, fazendo com que a mulher prefira comer alimentos que diminuem este desconforto, mesmo que ela não gostasse deles antes de engravidar. Além disso, é comum que algumas gestantes sintam vontade de ingerir combinações estranhas, como melancia com feijão, maionese com chocolate, entre outras. Isso acontece por causa da chamada picamalácia, também conhecida como “pica”, que é uma desordem alimentar que faz com que a gestante ingira substâncias com pouco ou nenhum valor nutricional e que muitas vezes podem até mesmo não ser comestíveis. Dentre as explicações para a picamalácia estão questões emocionais, culturais e até mesmo fisiológicas, como o alívio de sintomas digestivos que alguns alimentos proporcionam.

A pagofagia (ingestão de gelo), geofagia (ingestão de terra ou barro) e as miscelâneas (combinações muito estranhas de alimentos) são as vontades mais comuns na picamalácia e não representam risco para a gestação. Mas se o desejo da gestante for de ingerir substâncias não alimentares, principalmente as tóxicas, é preciso ter cuidado, pois algumas substâncias podem ser muito perigosas para a saúde da mamãe e também do bebê.

A vontade de ingerir algumas substâncias pode ser indício de alguma vitamina ou nutriente que o organismo esteja necessitando ou ainda pode indicar doenças como anemia, infecções, constipação, entre outras. Para que o médico identifique o que pode estar errado pode ser que sejam necessários alguns exames, mas alguns desejos como o de comer terra, por exemplo, já indicam por si só uma possível deficiência de ferro no organismo.

Acima de tudo, é bom saber que, estranho ou não, se seu desejo não for satisfeito, isso não vai afetar a saúde do seu bebê e ele também não vai nascer com a aparência do alimento desejado, então fique tranquila!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email

Você pode se interessar:

As Fases do Leite Materno

As Fases do Leite Materno

Neste artigo você pode compreender melhor as fases do leite materno A maioria das pessoas sabe dos múltiplos benefícios da amamentação, que incluem o estímulo

O Maravilhoso Clitóris

O Maravilhoso Clitóris

Conheça nesse artigo as possibilidades e vantagens de explorar o clitóris. As mulheres possuem em seu corpo o único órgão feito exclusivamente para o prazer.

Gravidez após os 40 anos

Gravidez após os 40 anos

Conheça mais sobre os detalhes da gravidez depois dos 40 anos Nas últimas décadas o papel da mulher na sociedade mudou de maneira considerável. Os