Menu

Fertilidade e Mudanças nos Ovários

Dr. Flávio Garcia de Oliveira

Embora os distúrbios causadores da infertilidade sejam mais frequentes por volta dos 40 anos, muitas vezes a dificuldade de engravidar ocorre devido a alterações normais que ocorrem nos ovários por causa da idade. O hipotálamo e a glândula pituitária, localizados no cérebro, são responsáveis pelos mecanismos da ovulação e da menstruação regular. O hipotálamo estimula a pituitária a produzir os hormônios FSH (hormônio folículo-estimulante) e LH (hormônio luteinizante), que são secretados na corrente sangüínea e controlam o crescimento dos óvulos e a produção do hormônio feminino, o estrógeno, pelos ovários.

Muitas mulheres possuem cerca de 300.000 óvulos em seus ovários na puberdade. Para cada óvulo que amadurece e é lançado nas trompas (processo denominado ovulação) durante um ciclo menstrual, 500 a 1.000 não amadurecem totalmente e são reabsorvidos pelo corpo. Ao atingir a menopausa, o que geralmente ocorre entre 40 e 56 anos, há um número bem menor de óvulos “em estoque”. Esses óvulos remanescentes geralmente não respondem bem aos sinais de secreção de FSH e LH da glândula pituitária. Os níveis desses hormônios na corrente sangüínea aumentam na tentativa de estimular os ovários. Um nível elevado de FSH no terceiro dia do ciclo menstrual demonstra que o ovário não está respondendo corretamente aos sinais enviados pela pituitária.

A redução da resposta ovariana ao FSH e ao LH resulta na baixa da produção de estrogênio e progesterona pelos ovários. O ciclo menstrual pode ficar mais curto e eventualmente não haverá ovulação, causando uma interrupção na menstruação. Os hormônios estrógeno e progesterona também são fundamentais para o desenvolvimento normal do endométrio, a camada que reveste o útero, onde o embrião se fixa para se desenvolver. A redução dos níveis desses hormônios com a idade é também outro aspecto que diminui as chances de gravidez.

O ritmo de vida acelerado da mulher moderna faz com que o sonho da maternidade seja adiado por causa de outras prioridades. A solução pode ser encontrada nos tratamentos de fertilidade, cada vez mais seguros e acessíveis!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
Share on whatsapp
WhatsApp

Faça sua Avaliação Gratuita

Nosso projeto consiste em fazer o primeiro atendimento sem nenhum custo em nossa clínica, onde você faz o agendamento, aguarda o contato de nossa equipe e vem preparada com todos os exames que já realizou para que o médico faça a avaliação do seu caso e escolha o melhor caminho a seguir.
O que é Inseminação Artificial?

O que é Inseminação Artificial?

O que é? Inseminação Artificial (IA), também conhecida pelo nome de Inseminação Intrauterina (IIU), consiste em colocar uma amostra de sêmen processada em laboratório no

Leia Mais »
Ovodoação. Como funciona?

Ovodoação. Como funciona?

Dr. Flávio Garcia de Oliveira No Brasil, esse procedimento não possui fins comerciais ou lucrativos, a doadora é anônima, a aparência da doadora e da

Leia Mais »