Exercícios físicos para gestantes

Algumas dicas sobre exercícios físicos seguros para gestantes

Uma rotina equilibrada de exercícios físicos durante a gestação auxilia na prevenção de diabetes e pré-eclâmpsia, além de evitar o excessivo ganho de peso.

Antes de dar início a qualquer programa de treinos e exercícios físicos, é indispensável que a gestante procure a orientação do médico obstetra que acompanha a gravidez.

Adequar a carga de exercícios ao condicionamento físico da paciente também é fundamental para evitar complicações.

Atente-se que pode ser difícil para uma mulher que não era adepta de uma rotina de exercícios, começar a fazê-los durante a gestação. Por outro lado, uma pessoa que tinha um alto ritmo de atividades físicas antes de engravidar, terá que reduzir a intensidade de seu programa habitual.

Poucas mulheres grávidas, normalmente, são vistas praticando exercícios físicos, pois existe a ideia de que esforços podem ser danosos para a gestação.

O que muita gente não sabe, é que atividades bem dosadas servem como prevenção de alguns quadros clínicos associados à gravidez. Outras vantagens dos exercícios físicos para as gestantes podem ser notadas na melhora da postura e diminuição das dores na hora do parto. Sem contar, é claro, no estímulo da produção do hormônio essencial para a sensação de prazer e bem-estar: endorfina.

Os exercícios indicados:

São recomendadas atividades físicas de baixo impacto. Ioga, por exemplo, é uma excelente alternativa, pois desenvolve o controle da respiração e aumenta a flexibilidade. Pilates, hidroginástica e bicicleta ergométrica também podem ser boas pedidas. Não se esqueça: capriche no alongamento!

Os exercícios básicos como caminhada e corrida são indicados para diferentes tipos de gestantes.

A caminhada é ideal para mulheres que não tinham o hábito de se exercitar antes da gravidez. Uma rotina de 3 a 5 dias na semana é suficiente. Utilize roupas leves e confortáveis, um tênis com bom amortecimento e beba bastante água.

A corrida, por sua vez, pode ser praticada por gestantes que possuem maior preparo físico, provenientes da prática de exercícios antes da gravidez.

3 vezes por semana pode ser o suficiente, evite forçar o ritmo. 30 minutos em uma toada leve é o mais indicado.

Lembre-se: procure orientação médica antes de iniciar qualquer atividade física. O acompanhamento do profissional da área é essencial para que não haja nenhuma complicação.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email

Você pode se interessar:

As Fases do Leite Materno

As Fases do Leite Materno

Neste artigo você pode compreender melhor as fases do leite materno A maioria das pessoas sabe dos múltiplos benefícios da amamentação, que incluem o estímulo

O Maravilhoso Clitóris

O Maravilhoso Clitóris

Conheça nesse artigo as possibilidades e vantagens de explorar o clitóris. As mulheres possuem em seu corpo o único órgão feito exclusivamente para o prazer.

Gravidez após os 40 anos

Gravidez após os 40 anos

Conheça mais sobre os detalhes da gravidez depois dos 40 anos Nas últimas décadas o papel da mulher na sociedade mudou de maneira considerável. Os