Menu

Entenda os valores para o Beta hCG

Dr. Flávio Garcia de Oliveira

Beta hCG ou BhCG é a sigla para um hormônio chamado Gonadotrofina Coriônica Humana, e sua dosagem no sangue é utilizada como referência em testes de gravidez. 

Quando colhido no momento correto e lido de forma eficaz, ele apresenta taxa de acerto elevada. O Beta hCG pode ser visto através de exame de sangue e urina.

A gonadotrofina coriônica humana é um hormônio muito importante e para a continuidade e desenvolvimento da gravidez. É produzida pelo trofoblasto, grupo de células do embrião que origina a placenta.

Por volta de 6 dias após a fecundação do óvulo, o embrião em formação chega à parede do útero e se implanta ali. É neste momento que o hormônio produzido pelo trofoblasto consegue chegar à corrente sanguínea, sendo possível ser detectado pelos exames laboratoriais, seja com sangue ou urina.

Conforme se desenvolvem, o embrião e a placenta produzem e lançam mais BhCG na circulação materna. Nas primeiras semanas de gestação, os níveis de hormônio dobram a cada 3 dias. Se nas quatro primeiras semanas de gestação o ritmo de elevação da gonadotrofina coriônica humana for nitidamente pouco aumentado, provavelmente existe algo errado na gravidez, como inviabilidade fetal ou gravidez ectópica.

A ovulação ocorre cerca de 14 dias após a menstruação, e, após a fertilização do óvulo, o embrião ainda demora mais uma semana até chegar ao útero, ou seja, até os testes mais atuais e sensíveis,  só serão capazes de detectar a gonadotrofina coriônica humana no sangue da mãe 3 semanas depois da última menstruação.

De forma geral, os valores do Beta hCG aparecem:

Sem gestação ou com menos de 3 semanas de gravidez: menor que 5 mIU/ml.

3 semanas de gestação: entre 5 e 50 mIU/ml.

4 semanas de gestação: entre 5 e 426 mIU/ml.

5 semanas de gestação: entre 18 e 7.340 mIU/ml.

6 semanas de gestação: entre 1.080 e 56.500 mIU/ml.

7 a 8 semanas de gestação: entre 7.650 e 229.000 mIU/ml.

9 a 12 semanas de gestação: entre 25.700 e 288.000 mIU/ml.

13 a 16 semanas de gestação: entre 13.300 e 254.000 mIU/ml.

17 a 24 semanas de gestação: entre 4.060 e 165.400 mIU/ml.

25 a 40 semanas de gestação: entre 3.640 e 117.000 mIU/ml.

Atenção, os valores acima não são uma regra e outras referências podem mostrar índices diferentes. Se o seu está diferente, não se desespere, isso não significa que haja algo de errado com sua gravidez. O mais importante é a velocidade com que o hormônio aumenta nas primeiras semanas.

Os valores do hormônio na gravidez gemelar, sejam gêmeos ou trigêmeos, geralmente são maiores, pois existem mais fontes de produção de BhCG.

De fato, o pico do BhCG acontece por volta da 10ª semana de gestação.  Os níveis, então, começam a declinar até a 20ª semana, período onde se estabilizam, ficando constantes até o dia do parto.

Se reparar nos níveis descritos acima, notará que existe uma variação grande entre número de gonadotrofina coriônica humana ao longo das semanas de gestação. Os valores do BhCG não são úteis para determinar o tempo de gravidez.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
Share on whatsapp
WhatsApp

Faça sua Avaliação Gratuita

Nosso projeto consiste em fazer o primeiro atendimento sem nenhum custo em nossa clínica, onde você faz o agendamento, aguarda o contato de nossa equipe e vem preparada com todos os exames que já realizou para que o médico faça a avaliação do seu caso e escolha o melhor caminho a seguir.
Ovodoação. Como funciona?

Ovodoação. Como funciona?

Dr. Flávio Garcia de Oliveira No Brasil, esse procedimento não possui fins comerciais ou lucrativos, a doadora é anônima, a aparência da doadora e da

Leia Mais »