Menu

Compreendendo seu Ciclo Menstrual

Dr. Flávio Garcia de Oliveira

O sistema reprodutivo feminino possui uma série de funções complexas. Apesar de todas as mulheres terem o mesmo sistema, cada organismo tem suas peculiaridades e por isso é importante que você entenda como seu corpo funciona. Nem toda mulher tem um ciclo de 28 dias.

O primeiro dia do ciclo é o primeiro dia do fluxo de sangue. Em algumas mulheres o clico dura de 2 a 3 dias, em outras de 3 a 6 dias e em alguns casos até 7.  O período do 2° ao 14° dia é conhecido como fase folicular. Durante esta fase, o endométrio começa a crescer, os folículos (diminutas bolhas de água que contêm os óvulos) no ovário ficam ativos, e o muco vaginal começa a ser produzido.

A ovulação ocorre no meio do ciclo, geralmente no 14° dia nas mulheres que possuem ciclo de 28 dias. Neste momento, o aumento dos níveis de estrogênio desencadeia a liberação de LH, que faz com que o folículo libere um óvulo. O momento da ovulação não é preciso, pode ocorrer entre o 12°  e 14° dia, dependendo de cada mulher. É por isso que é importante acompanhar essas alterações no seu ciclo para entender.

Após a liberação do óvulo, o folículo se transforma no corpo lúteo, e progesterona é liberada, criando um revestimento uterino propício para a implantação. Esta fase do ciclo é chamada a fase lútea e ocorre geralmente do 15° ao 22° dia do ciclo.

Se a implantação não ocorrer, o estrogênio e a progesterona começam a diminuir no sangue. Isso acontece do dia 23° ao 24°.  A partir do 25° dia e até o 28°, os níveis de progesterona caem drasticamente provocando a descamação do endométrio, a menstruação.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Você pode se interessar:

Diferença entre FIV e ICSI

Diferença entre FIV e ICSI

Conheça, neste artigo, a diferença entre FIV x ICSI As técnicas de reprodução humana assistida são alternativas para casais que apresentam algum problema em engravidar

Síndrome da Hiperestimulação Ovariana

Síndrome da Hiperestimulação Ovariana

A Síndrome da Hiperestimulação Ovariana (SHO) é o efeito colateral mais comum da estimulação ovariana. Qualquer que seja a técnica de reprodução humana assistida, coito

Novembro Azul

Novembro Azul

Começou o Novembro Azul, um movimento internacional para sensibilizar a população sobre os perigos do câncer de próstata e estimular a prevenção e diagnóstico da

Tabagismo e Infertilidade

Tabagismo e Infertilidade

Saiba mais sobre a relação entre tabagismo e infertilidade Fumar é um péssimo hábito para a saúde, isso todos sabem. Entretanto, o que muitas pessoas