Atividades pós-parto

As atividades pós-parto são muito importantes. Entretanto, nos tempos da vovó, a puérpera (apesar de não ser uma palavra bonita, é assim que se chama a mulher que acabou de dar à luz) de parto cesariano recebia orientação para não praticar nenhum tipo de atividade física durante as seis primeiras semanas.

Atualmente, se houver condições, a recém-mamãe deve ser estimulada a levantar após 6 horas do parto normal ou após 12 horas no caso da cesariana.

Andar precocemente melhora o funcionamento dos intestinos e da bexiga e evita complicações trombo-embólicas, ou seja, a coagulação do sangue dentro das veias, que pode acontecer principalmente nas pernas

O inchaço nas pernas, principalmente do lado esquerdo, pode ser comum nos primeiros dias pós-parto. Isso se deve à redistribuição dos líquidos contidos na placenta. É como se parte desse líquido ficasse armazenado de forma temporária nas pernas. Deitar com as pernas elevadas pode ajudar a diminuir o problema

Ainda no hospital, é muito importante conversar com o médico e com as enfermeiras sobre a melhor maneira de fazer atividades físicas pós-parto. Em casa, a mulher deve ser encorajada a realizar as tarefas diárias, recebendo ajuda no início e respeitando seus limites. Os movimentos não devem ser muito bruscos e nem feitos com muito esforço. Atividades simples, como caminhar, cuidar do bebê e também da casa ajudam muito na recuperação. Após seis semanas, se não houver nenhum problema, todas as atividades podem ser feitas sem restrição.

Na edição nº 8 do boletim “E depois do parto?” você vai saber detalhes sobre a prática de exercícios físicos após o parto. Aguarde!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email

Você pode se interessar:

COVID-19-e-a-Medicina-Reprodutiva

COVID-19 e a Medicina Reprodutiva

Covid-19 e a Medicina Reprodutiva – entenda os riscos de engravidar na pandemia A COVID-19 e a medicina reprodutiva nos posiciona a resumir os principais

2 testes da reserva ovariana

2 testes da reserva ovariana

2 testes da reserva ovariana que são importantes marcadores do número de óvulos nos ovários Os 2 testes da reserva ovariana mais realizados atualmente são: