Menu

Aspectos Emocionais da Infertilidade

Dr. Flávio Garcia de Oliveira

Um dos aspectos mais desafiadores da infertilidade está em lidar com os altos e baixos emocionais relacionados ao tratamento médico, a incerteza sobre os resultados e o desafio de ter que tomar decisões importantes.

A perda 

O que um casal que acaba de ser diagnosticado com um problema de fertilidade têm em comum com um casal que acabou sofrer um aborto? O nível de angústia pode não ser o mesmo, mas esses dois casais têm muito em comum: a sensação de perda e decepção.

Os sintomas

Mesmo que não tenha sofrido nenhuma perda, sua mente e seu corpo inconscientemente podem estar respondendo à sentimentos de tristeza. Sintomas que apareceram ou pioraram durante a sua experiência de infertilidade: falta de energia, dores de cabeça, irritabilidade, insônia, extrema tristeza, incapacidade de se concentrar.

Negação e choque

Após vários meses de tentativas frustradas de engravidar, sentimentos de choque ou negação podem aparecer. Sentimentos como “isso não pode estar acontecendo para nós” ou “eu sei que no próximo mês teremos sucesso” começam a mudar com a raiva e culpa.

Raiva

A raiva geralmente resulta em se sentir vulnerável ou desamparada, ou ambos. Anteriormente, quando você trabalhou duro em alguma coisa, você provavelmente conseguiu seu objetivo. Agora você está trabalhando duro e fazendo tudo o que pode para engravidar.

A raiva pode te consumir, colorindo seus pensamentos cotidianos e experiências. Você pode se sentir emocionalmente abatida, entre lágrimas e tristeza ou raiva e fúria. A próxima vez que você sentir raiva, irritada, frustrada, identifique pontos em seu corpo que acompanham esta mudança.

Você sente as pernas fracas? Será que o seu coração bate mais rápido? Você se sente corada ou instável? A sua respiração muda? Familiarize-se com a forma como você reage fisicamente a essas emoções intensas.

Lembre-se que a raiva é uma resposta normal à infertilidade. Você pode tentar algumas técnicas para gerenciar os sentimentos de raiva, mas não há nenhuma maneira “certa” de se fazer isso, então exercite-se fisicamente, exponha estes sentimentos à um membro da família, amiga, ou terapeuta, que poderão ajudá-la a processar e lidar com suas emoções.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Miomas Intramurais

Os miomas intramurais são uma espécie de tumor benigno que se instalam e crescem nas paredes internas do útero. Na maioria dos casos não apresentam

Leia Mais »

Sinéquias Uterinas

A decisão de ter um filho é muito importante, porém muitas vezes surgem empecilhos na realização desse sonho e alguns casais enfrentam dificuldades para engravidar.

Leia Mais »