A obesidade e o seu efeito negativo na reprodução

Dr. Flávio Garcia de Oliveira

A Escola de Medicina de Harvard concluiu a partir de seus estudos, que a obesidade tem um efeito negativo significativo sobre os resultados de reprodução. Afirmam que pacientes com IMC igual ou maior a 30 kg / m² têm menos probabilidades de uma gravidez natural. O percentual de chances de engravidar é 68% menor do que pacientes com IMC abaixo de 30 kg/m². Como o peso pode influenciar no processo de gestação?

Confira a resposta do especialista em reprodução humana, Flávio Garcia de Oliveira:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email

Você pode se interessar:

Causas menos conhecidas da infertilidade

Causas menos conhecidas da infertilidade

Conheça algumas causas menos conhecidas da infertilidade feminina e masculina Quando a infertilidade ocorre, hipóteses sobre as possíveis causas são levantadas pelos médicos para, em

Exercícios Físicos Seguros para Gestantes

Exercícios físicos para gestantes

Algumas dicas sobre exercícios físicos seguros para gestantes Uma rotina equilibrada de exercícios físicos durante a gestação auxilia na prevenção de diabetes e pré-eclâmpsia, além