Menu

5 Mitos sobre os diagnósticos de infertilidade conjugal

Dr. Flávio Garcia de Oliveira

Mito: Se você relaxar, vai engravidar.

Mentira!: Se fosse assim tão fácil! O fato é que a grande maioria dos indivíduos com infertilidade têm uma razão médica. Mais de 90% de todos os casos de infertilidade são causados por problemas físicos. No parceiro feminino, as principais causas da infertilidade são ovulação ausente ou irregular, tubas uterinas bloqueadas, anormalidades no útero e endometriose. O parceiro masculino pode ter problemas com a produção de esperma, sendo ela baixa ou nula além do esperma que não se movimenta corretamente, ou até mesmo problemas com sua morfologia.

Nunca houve um estudo que mostre que simplesmente relaxar aumenta as taxas de gravidez.

Mito: Você esperou muito tempo para ter filhos.

Mentira!: Embora seja verdade que a fertilidade diminui com a idade, os jovens não garantem a fertilidade. Muitos homens e mulheres em seus 20 anos sofrem com a infertilidade. E mulheres com 40 anos podem engravidar e dar à luz a bebês saudáveis. No entanto, se você sabe que quer ter filhos, quanto mais cedo você tentar, é menos provável que você tenha problemas.

Mito: A culpa é da mulher.

Mentira!: Às vezes o diagnóstico da fertilidade reside com a mulher, mas é a mesma probabilidade de ser um problema com seu parceiro. Para que um homem seja fértil, ele precisa ter contagem ou concentração de esperma e níveis aceitáveis, eles precisam ser capazes de nadar corretamente (motilidade) e eles precisam ter formas normais (morfologia). Outras causas que podem contribuir são a disfunção erétil ou a falta de libido.

Mito: Algo que você fez causou sua infertilidade.

Mentira!: Existem alguns fatores de estilo de vida que afetam permanentemente a fertilidade. Fumar pode ser um deles, mas muitas pessoas que pararam de fumar foram capazes de engravidar dentro de meses. A obesidade, ou estar abaixo do peso, são ambos associados com um risco aumentado de infertilidade, mas perder ou ganhar peso pode, de forma relativamente rápida, trazê-lo de volta para a zona fértil. Comer alimentos pouco saudáveis podem colocá-lo em risco para doenças cardíacas e câncer, mas a mudança para uma dieta mais saudável com foco em frutas e legumes, cereais integrais, carnes magras e laticínios estão associadas não só com um menor risco de doença mas com o aumento da sua chance de ovular normalmente. 

Mito: A infertilidade não é uma doença.

Mentira!: Sim, é. De acordo com o dicionário, uma doença é uma “funcionamento incorreto ou desordenado de um órgão, parte ou estrutura do corpo”. A infertilidade em homens ou mulheres é, de fato, diretamente devido a alguma avaria no corpo, quer seja hormonal ou estrutural.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Miomas Intramurais

Os miomas intramurais são uma espécie de tumor benigno que se instalam e crescem nas paredes internas do útero. Na maioria dos casos não apresentam

Leia Mais »

Sinéquias Uterinas

A decisão de ter um filho é muito importante, porém muitas vezes surgem empecilhos na realização desse sonho e alguns casais enfrentam dificuldades para engravidar.

Leia Mais »