Menu

Primeira Consulta

Como fazer uma consulta ginecológica pela primeira vez, sem medo e vergonha do médico.

É muito comum a presença de medo, constrangimento e vergonha quando se faz a consulta ginecológica pela primeira vez. São sentimentos naturais pois, de certa forma, o médico vai examinar o que você tem de mais íntimo. Se você encontra um profissional com boa experiência e com boa formação, ele saberá como conduzir a consulta para que você se sinta suficientemente segura para deixar que ele examine sua intimidade.

O médico deve ter tempo, calma e paciência com você. Tratar a paciente com atenção e respeito é o primeiro mandamento da relação médico-paciente. É importante que o profissional tente estabelecer um vínculo de confiança enquanto escuta as queixas de sua paciente.

Uma vez que você se sinta confiante, ficará à vontade e relaxada, permitindo um exame ginecológico bem feito, completo e sem dores ou constrangimentos.

• RESUMINDO:
* o médico vai escutar as suas queixas;
* anotar os detalhes de seu histórico e passado;
* estabelecer um vínculo de confiança e tranqüilidade;
* fazer o exame físico e ginecológico;
* pedir exames complementares;
* emitir um diagnóstico e/ou orientar um tratamento;
* Esse é um processo que demanda calma, tempo e colaboração entre o médico e a paciente;

Escolhendo um especialista em Ginecologia e Obstetrícia
Você deve avaliar os seguintes quesitos relacionados ao médico:

Formação Universitária

Registro no Conselho Regional de Medicina (CRM).

Residência Médica e/ou Título de Especialista em Ginecologia e Obstetrícia (TEGO).

Habilidades e Especializações pela FEBRASGO.

Cursos de Atualização e Pós-graduação.

Tempo de experiência na área.

Hospitais em que realiza seus procedimentos de internamentos clínicos ou cirúrgicos atualmente.

CREMESP (Conselho Regional de Medicina de São Paulo)

FEBRASGO (Federação Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia)

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
Share on whatsapp
WhatsApp

Você pode se interessar:

Síndrome da Hiperestimulação Ovariana

Síndrome da Hiperestimulação Ovariana

A Síndrome da Hiperestimulação Ovariana (SHO) é o efeito colateral mais comum da estimulação ovariana. Qualquer que seja a técnica de reprodução humana assistida, coito

Novembro Azul

Novembro Azul

Começou o Novembro Azul, um movimento internacional para sensibilizar a população sobre os perigos do câncer de próstata e estimular a prevenção e diagnóstico da

Tabagismo e Infertilidade

Tabagismo e Infertilidade

Saiba mais sobre a relação entre tabagismo e infertilidade Fumar é um péssimo hábito para a saúde, isso todos sabem. Entretanto, o que muitas pessoas

Cálculo de Ovulação

Técnicas para cálculo de ovulação

Cálculo de ovulação: conheça algumas técnicas para aumentar as chances de engravidar Para a ciência, um casal é considerado infértil quando, depois de um ano