Fase 5 – Suporte da Fase Lútea e Teste de Gravidez

Uma vez que os pré-embriões estão dentro da cavidade uterina, o uso de hormônios que auxiliam o fenômeno da implantação (ligação do embrião ao revestimento uterino) é obrigatório. O mais importante deles é a Progesterona. É importante ressaltar que esse hormônio além de auxiliar a implantação por estimular a secreção de substâncias nutrientes ao nível do endométrio que irão nutrir o pré-embrião, é um excelente relaxante uterino, que pode evitar contrações uterinas excessivas nessa fase. A Progesterona na forma de supositórios vaginais (Crinone – 8 mg) duas vezes ao dia, via oral (Utrogestan, Evocanil) 200 mg, quatro vezes ao dia, são os esquemas de administração mais frequentemente utilizados. 

O “teste de gravidez” ou dosagem de beta (hCG) é feita no sangue 12 dias após a transferência dos pré-embriões, e um valor acima de 30 UI/ml é considerado positivo para gravidez de boa evolução.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Você pode se interessar:

Causas menos conhecidas da infertilidade

Causas menos conhecidas da infertilidade

Conheça algumas causas menos conhecidas da infertilidade feminina e masculina Quando a infertilidade ocorre, hipóteses sobre as possíveis causas são levantadas pelos médicos para, em

Exercícios Físicos Seguros para Gestantes

Exercícios físicos para gestantes

Algumas dicas sobre exercícios físicos seguros para gestantes Uma rotina equilibrada de exercícios físicos durante a gestação auxilia na prevenção de diabetes e pré-eclâmpsia, além