Menu

Abortamento após reprodução assistida

Introdução

Muitos embriões implantados não sobrevivem até o termo (final da gravidez) e vários métodos de diagnóstico podem ser aplicados para predizer o risco de aborto. A perda gestacional ocorre desde os estágios mais precoces e alguns fetos morrem seletivamente em gestações múltiplas. A causa pode ser determinada em alguns casos.

Tabela-1: Tipos de aborto em diferentes estágios da gestação
Abortos Pré-Clínicos
Gestação Bioquímica (ou Aborto Pré-Clínico): identificado pelo aumento transitório do beta-hCG (fração beta da gonadotrofina coriônica) até um valor limite de 21 mUI/l por cerca de 2 semanas. Essas gestações não são visíveis à ultrassonografia.Aborto Peri-Implantação: há níveis um pouco mais elevados por um período um pouco maior, sem evidência de saco gestacional ou vesícula vitelina à ultrassonografia.
Abortos Clínicos
Ovos Cegos: há aumento lento e prolongado de beta-hCG por período de até 28 dias com visualização de saco gestacional vazio (ovo cego) à ultrassonografia.Aborto com saco gestacional desaparecendo após ser detectado: quando um SG desaparece após 35 dias da captação.Fetos “Vanishing” (que desaparecem): se um feto vivo sucumbe em gestação gemelar e o outro evolui normalmente.Aborto Propriamente Dito: acontece do primeiro trimestre tardio até a 20ª semana de gestação.

O que é Aborto Pré-Clínico?

Aborto Pré-Clínico ou Gravidez Bioquímica se dá quando alguns embriões morrem logo após a implantação, sendo identificados pela queda dos níveis sanguíneos do beta-hCG.

As gestações bioquímicas são mais frequentes em mulheres com endometriose?

As gestações bioquímicas não são mais frequentes em mães com doenças tipo endometriose e outras como as inflamações das tubas, o que pode indicar que esses embriões estão fadados a morrer desde o momento da fertilização.

O que é Aborto Clínico?

O aborto passa a ser clínico quando a perda embrionária ou fetal acontece após detectarmos a presença de saco gestacional intrauterino através de ultrassonografia transvaginal, fato que acontece 15 dias após o atraso menstrual.

O que são Fetos

É a morte de um embrião ou feto em gestação múltipla com a sobrevivência dos outros. Sua existência foi suspeitada nos anos anteriores ao aparecimento da ultrassonografia.

Anomalias Cromossômicas e Aborto

Aberrações cromossômicas aparecem com certa frequência durante aborto espontâneo e são encontradas também após fertilização in vitro (FIV).

Destino dos embriões com diferentes tipos de cromossomas não balanceados

A maioria das anomalias cromossômicas nos fetos e embriões humanos originam-se esporádica e imprevisivelmente nas gônadas do pai e da mãe (testículos e ovários) e/ou no momento da fertilização.

Citogenética das Gestações Molares (Mola)

Gestações molares (ou simplesmente Mola) são aquelas que ocorrem com alterações grosseiras da futura placenta (trofoblasto) podendo o embrião continuar seu desenvolvimento (Mola parcial) ou não. A maioria dos casos evolui para um abortamento clinico.

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
Share on whatsapp
WhatsApp
Tentando Engravidar?
Saiba Mais
Procurando Pré-Natal?
Saiba Mais
Laser íntimo
Saiba Mais