TRATAMENTOS ACESSÍVEIS
RECEBA NOSSA NEWSLETTER
Obstetrícia

Idade materna e gestacional

Risco de trissomia do cromossomo 21 em função da idade materna e gestacional.

Idade materna

Risco de Síndrome de Down

 

12a sem

16a sem

20a sem

final da gestação

20 anos

1 em 1068

1 em 1200

1 em 1295

1 em 1527

25 anos

1 em 946

1 em 1062

1 em 1147

1 em 1352

30 anos

1 em 626

1 em 703

1 em 759

1 em 895

31 anos

1 em 543

1 em 610

1 em 658

1 em 776

32 anos

1 em 461

1 em 518

1 em 559

1 em 659

33 anos

1 em 383

1 em 430

1 em 464

1 em 547

34 anos

1 em 312

1 em 350

1 em 378

1 em 446

35 anos

1 em 249

1 em 280

1 em 302

1 em 356

36 anos

1 em 196

1 em 220

1 em 238

1 em 280

37 anos

1 em 152

1 em 171

1 em 185

1 em 218

38 anos

1 em 117

1 em 131

1 em 142

1 em 167

39 anos

1 em 89

1 em 100

1 em 108

1 em 128

40 anos

1 em 68

1 em 76

1 em 82

1 em 97

41 anos

1 em 51

1 em 57

1 em 62

1 em 73

42 anos

1 em 38

1 em 43

1 em 46

1 em 55

 

No início dos anos 70, a idade materna foi o primeiro método proposto para rastreamento da trissomia do cromossomo 21. Naquela época, mulheres com mais de 35 anos perfaziam aproximadamente 5% das gestantes e neste grupo era possível identificar apenas 30% dos casos acometidos pela Síndrome de Down.

Atualmente, devido ao aumento da idade média materna, pelo menos 15% das gestantes têm 35 anos ou mais nos grandes centros urbanos. Isto tornou inaceitável o rastreamento baseado exclusivamente na idade materna, em vista da elevada taxa de falsos-positivos e da baixa sensibilidade do método.

A idade gestacional é outra variável que interfere no risco das trissomias, pois fetos com alterações cromossômicas têm maior risco de óbito espontâneo intrauterino do que fetos normais e, consequentemente, o risco dessas anomalias diminui com o avançar da gestação.

O índice de óbito fetal espontâneo na trissomia do cromossomo 21, entre a 12ª semana e a 40ª semana de gestação, é de cerca de 30%; já para o período compreendido entre 16 e 40 semanas, é de aproximadamente 20%. Nas trissomias dos cromossomos 13 e 18, este índice de letalidade espontânea é muito maior, sendo de aproximadamente 80% entre a 12ª e a 40ª semanas de gestação.

A monossomia do cromossomo X (Síndrome de Turner) ocorre, na maioria das vezes, devido à perda do cromossomo X de origem paterna. Desta forma, sua frequência não está relacionada à idade materna. Entretanto, sua prevalência diminui significativamente com a idade gestacional, devido ao alto índice de letalidade espontânea associado a essa patologia. Ocorre em aproximadamente 1 em cada 1.500 gestações na 12ª semana, 1 em 3.000 gestações na 20ª semana e finalmente está presente em 1 de cada 4.000 nascimentos a termo.

De maneira semelhante, a frequência com que ocorre a triploidia (um zigoto com três conjuntos de cromossomos) não depende da idade materna, entretanto, é entidade altamente letal, sendo raramente observada em nascidos vivos.

Durante as últimas décadas, com a introdução de métodos ultrassonográficos e bioquímicos no rastreamento de anomalias cromossômicas, as informações sobre a idade materna e gestacional continuam sendo fundamentais para estabelecer o risco inicial específico e individual para cada gestação, sobre o qual se fazem os devidos ajustes em função dos resultados de outros métodos de rastreamento.

Calculadoras da Fertilidade

Calcule a data provável da sua Ovulação

ciclo regular
ciclo irregular

ver resultado

ver resultado

Calcule a data provável do parto do seu bebê

ver resultado

Verifique se seu peso (durante a gravidez) está na faixa ideal * disponível à partir da 13ª semana de gestação.

exemplo: 1 .70 m
exemplo: 61 .5 kg

ver resultado

Nossos Livros Publicados

Bebê a Bordo

Uma obra alegre e esclarecedora que acompanha as 40 semanas da gravidez, mostrando as transformações no corpo da mulher e o desenvolvimento do bebê (ou dos bebês, no caso de múltiplos).

ver
E depois do parto?

E depois do parto?

O bebê nasceu. E agora? Neste livro, a mulher, em especial, e o também marido, vão ter dicas e orientações de como se portar nessa nova etapa de vida.

ver
Galeria de Imagens

Endereço:
Rua Caçapava, 49 • 12º andar
Jardim Paulista • São Paulo • SP • Brasil
CEP: 01408-010

Fone: +55 (11) 3386-1800

WhatsApp: +55 (11) 97230-1800

atendimento@clinicafgo.com.br

© COPYRIGHT 2015, FGO Clínica de Fertilidade
NOS ACOMPANHE
Alerta
Ok
Carregando
Erro

Não foi possível ler a página!