TRATAMENTOS ACESSÍVEIS
RECEBA NOSSA NEWSLETTER
Notícias

Aderências Pélvicas: Impacto sobre sua fertilidade

Dr. Flávio Garcia de Oliveira
09/12/2014 10h53

O que são as aderências?

Aderências são um tipo de tecido cicatricial que pode bloquear ou distorcer as tubas uterinas. Tudo o que conduz a uma resposta inflamatória, tal como uma cirurgia, a endometriose, ou infecção (incluindo doença inflamatória pélvica) pode levar à formação de aderências.

Onde se formam as Aderências?

Aderências pélvicas podem ser encontradas entre quaisquer superfícies dos tecidos na cavidade pélvica. Estes incluem o útero, tubas uterinas, ovários, intestinos e bexiga. As aderências também podem ser encontradas no interior das tubas. A endometriose ou cirurgia de trompas podem causar aderências no interior da tuba, na sua superfície externa, ou mesmo nas extremidades, chamados de "fímbrias". Quaisquer aderências que bloqueiam ou distorcem a tuba podem levar à infertilidade ou aumentar a chance de uma gravidez ectópica.

Aderências podem ser removidas?

A remoção de aderências pode ser realizada utilizando laparoscopia ou laparotomia com técnicas tradicionais ou de microcirurgia. Estudos têm mostrado que a remoção de aderências pode reduzir a dor e pode, potencialmente, melhorar a possibilidade de gravidez natural, em comparação com a ausência de tratamento. 

Quais os tipos de cirurgias podem aumentar o risco de formação de aderências?

A miomectomia (cirurgia para remover miomas), cirurgia tubária (para remover uma gravidez ectópica), cirurgia no ovário (para remover os cistos) e cirurgia para endometriose podem causar aderências. Mesmo a cirurgia para remover aderências pode levar a novas aderências. A cirurgia laparoscópica (cirurgia feita através de várias pequenas incisões usando uma câmera) tem menos possibilidades de provocar formação de aderências do que a laparotomia (cirurgia através de uma incisão maior sem a barriga aberta). Os procedimentos de diagnóstico, que envolvem apenas uma inspeção visual dos órgãos, como uma histeroscopia diagnóstica ou laparoscopia diagnóstica, raramente levam a formação de novas aderências.

As pacientes devem estar cientes do tipo de procedimento (laparotomia vs laparoscopia), e o tipo de técnicas a serem utilizadas durante a cirurgia. Aqui estão algumas perguntas a fazer ao seu médico:

Que tipo de cirurgia será melhor para o meu caso?

Serão administrados antibióticos pré-operatórios para reduzir o risco de infecção?

Qual é o impacto potencial de aderências sobre a fertilidade?

O que vai ser feito no momento da cirurgia para minimizar os riscos de desenvolvimento de aderências?

Mais Notícias

Mais Resultados

Calculadoras da Fertilidade

Calcule a data provável da sua Ovulação

ciclo regular
ciclo irregular

ver resultado

ver resultado

Calcule a data provável do parto do seu bebê

ver resultado

Verifique se seu peso (durante a gravidez) está na faixa ideal * disponível à partir da 13ª semana de gestação.

exemplo: 1 .70 m
exemplo: 61 .5 kg

ver resultado

Nossos Livros Publicados

Bebê a Bordo

Uma obra alegre e esclarecedora que acompanha as 40 semanas da gravidez, mostrando as transformações no corpo da mulher e o desenvolvimento do bebê (ou dos bebês, no caso de múltiplos).

ver
E depois do parto?

E depois do parto?

O bebê nasceu. E agora? Neste livro, a mulher, em especial, e o também marido, vão ter dicas e orientações de como se portar nessa nova etapa de vida.

ver
Galeria de Imagens

Endereço:
Rua Caçapava, 49 • 12º andar
Jardim Paulista • São Paulo • SP • Brasil
CEP: 01408-010

Fone: +55 (11) 3386-1800

WhatsApp: +55 (11) 97230-1800

atendimento@clinicafgo.com.br

© COPYRIGHT 2015, FGO Clínica de Fertilidade
NOS ACOMPANHE
Alerta
Ok
Carregando
Erro

Não foi possível ler a página!